Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Novas tempestades de areia voltam a atingir o interior do Brasil

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto de Renato Ravazini, Caarapó (MS), 19/10/17

3 min de leitura

 

Foto de Renato Ravazini, Caarapó (MS).

 

Na tarde desta sexta-feira (15), uma nova tempestade de areia de grandes proporções se formou sobre cidade de Mato Grosso do Sul. Já é o 7° dia com registro deste tipo de fenômeno no interior do país só este ano. Segundo estudos, há eventos como este que devem ser mais frequentes ao longo dos próximos anos, devido às condições climáticas extremas na região.

 

Como se forma a tempestade de poeira

 

Segunda a meteorologista Dóris Palma, "tempestades de areia se formam em áreas onde o solo está muito seco, com vários dias consecutivos sem chuva significativa, combinado com a formação áreas de instabilidade".

 

 

Causa da tempestade de poeira

 

A explicação para a tempestade de poeira que aconteceu em Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira, está relacionada à atuação de áreas de instabilidade associadas a formação de um sistema de baixa pressão atmosférica que segue provocando fortes temporais em pontos do Centro-Oeste e do Sudeste durante a tarde desta sexta-feira (15) e ainda deve continuar durante a noite e madrugada do sábado. Essas nuvens carregadas também se formam acompanhadas de intensas rajadas de vento que ajudam a elevar a poeira do solo para níveis mais altos da atmosfera.

 

download (6)

Imagem do satélite GOES-16, Canal 13.


Cidades como Ponta Porã, Aquidauana, Sidrolândia, Dourados e em Campo Grande, tiveram registros de nuvens de poeira na tarde desta sexta-feira.

 

Segundo relatos, a nuvem de poeira chegou à capital do estado por volta das 14h50, horário local, e já deixou estragos pela cidade. Pelos dados do aeroporto Internacional, as rajadas de vento chegaram aos 94 km/h por volta das 15h na capital, e alcançaram a impressionante marca de 117km/h na cidade de Ribas do Rio Pardo, de acordo com as estações meteorológicas do Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia. Os bombeiros identificaram pelo menos 50 quedas de árvores.

 

Maracaju também teve tempestade de poeira. As imagens do vídeo foram flagradas pelas câmeras do Climaaovivo. Dá para perceber a força do vento!

 

 

 

 

Tendência para o final de semana

 

Ao longo do fim de semana, o sol aparece e a temperatura sobe rapidamente em todas as áreas do estado de Mato Grosso do Sul. Ao longo da tarde, há expectativa de pancadas isoladas , a qualquer hora. Há risco de chuva moderada a forte.

A partir da segunda-feira o ar seco ganha força no estado e o tempo fica firme.

 

Na capital, há risco para pancadas de chuva com moderada a forte intensidade, raios e rajadas de vento. Confira a previsão completa para Campo Grande.

+ mais notícias