Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Nível operacional do Cantareira é o menor desde Março de 2016

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Foto: Sistema Cantareira - Carlos Nardi/iStock

 

O nível de armazenamento do Sistema Cantareira chegou aos 27,8% nesta quarta-feira, 27 de Outubro. Este, é o menor valor desde o dia 05 de Março de 2016, quando o nível registrado foi de 27,5%, ou seja, o sistema opera com o menor valor dos últimos cinco anos. Os dados são da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

 

Chuva acima da média

 

Mesmo com o nível baixo do acumulado no reservatório, a chuva neste mês de Outubro já é 15,9% maior que a média Climatológica. Já choveu 141,7 mm no Cantareira este mês, e a média é de 122,3mm. Sendo assim, já tem o Outubro com o maior volume de chuva dos últimos três anos. 

 

image (1)

 Sistema Cantareira: chuva registrada nos meses de Outubro desde o ano 2000

 

Lembrando que, a última chuva com mais de 100mm registrada em um mês de Outubro, foi em 2018, quando acumulou 192,9mm. Já no ano passado, choveu apenas 72,9mm.

 

Saiba como se mede a chuva

 

Chuva ainda não reverte o nível baixo do reservatório

 

Mesmo com as chuvas, até mesmo acima da média, o sistema vai demorar para responder positivamente. Isso acontece por alguns fatores, como os intervalos com ausências de chuva.

 

Além disso, a presença do sol ajuda a evaporar a água, e também tem a perda da água pelo escoamento da superfície, e o consumo da água pelas casas ou residências.

 

De acordo com os dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), houve uma elevação de 0,2% na atualização do dia 19 de Outubro. O Cantareira não registrava uma elevação desde o dia 29 de Julho, e contabilizou 82 dias sem alta. Porém, o volume logo voltou a cair. 

 

Leia também: Após pequena elevação, Cantareira cai novamente

 

+ mais notícias